segunda-feira, 31 de outubro de 2016

PERGUNTAR NÃO OFENDE ou QUE SAUDADE DE ERNESTO VARELA (116)


ESTARDALHAÇO ANTES DA ELEIÇÃO E SEM SOLUÇÃO DE CONTINUIDADE DEPOIS DELA - POR QUE???

Vamos por partes, como fazia Jack, o Estripador.

Na véspera da eleição do segundo turno em Bauru o Jornal da Cidade denunciou pelas redes sociais e depois na primeira página de sua edição de domingo algo considerado crime: uma falsa pesquisa de opinião foi divulgada usando o nome do jornal e nela, algo sobre uma virada, ou seja, Raul havia alcançado Gazzetta. No texto, algo contundente, mesmo sem citar os fatos, mas afirmando que os meios jurídicos estariam sendo acionados para descobrir autorias. Veio a eleição e na edição de hoje nada de nada. Como vai ficar a questão? Vão deixar tudo por isso mesmo? O crime eleitoral não vai ser investigado? Ocorrendo a divulgação, tanto que o jornal emitiu uma nota, não deve ser esquecida no pós eleição. O que está acontecendo nos bastidores para nada mais ser comentado. Acredito que, o fato deveria merecer, primeiro do jornal o esclarecimento, o que não ocorreu na edição de hoje e depois, no mínimo nenhum matéria deve ficar sem resposta, ainda mais com o provável envolvimento de um dos candidatos e alguém de sua campanha, no caso Raul. Não é normal a colocação de panos quentes em fatos como esse, pois se de fato, algo irregular ocorreu, precisamos tomar conhecimento, até porque envolve alguém que postulava ser prefeito de Bauru. Como vai ficar isso tudo???

No caso seguinte, uma foto foi tirada num dos bairros da cidade e nela o mesmo candidato, Raul envergando sua camiseta verde de campanha e ao lado do ex-prefeito Izzo Filho. A mesma gerou uma baita celeuma nas redes sociais e acredito, algo necessita ser devidamente esclarecido, para o bem da verdade factual dos fatos, pois gerou comentários de tudo quanto é tipo cidade afora. Primeiro, quem foi atrás de quem? Não acredito em encontro casual. Raul foi buscar auxílio em prováveis eleitores ainda fiéis à Izzo? O ex-prefeito Izzo, como é sabido, foi o único prefeito bauruense preso, cumpriu sua pena, trouxe a República da Barra Bonita para governar ao seu lado e no desfecho final de seu mandato até bombas foram espocadas pela cidade. Seria de bom alvitre o próprio Raul vir a público esclarecer os fatos, pois do contrário, ficando o dito pelo não dito, prevalece o que a foto demonstra, um intenso relacionamento. Quando fatos pequenos como esse são escamoteados, ocultos de uma clara divulgação e a própria mídia local, tendo conhecimento dos fatos, também o omite, credito que algo não anda bem em todas nossas instâncias. Se foi buscar auxílio, assuma e pronto, falta isso para fechar a conta das trapalhadas finais de Raul ao final do pleito.

Por fim, encontro um amigo e conceituado jornalista no sábado e ele me confidencia algo em off, que divulgo, sem citar seu nome. Comentando sobre os fatos, encerra a questão sobre ambos os casos envolvendo o então candidato Raul: “Ele vai sair do imbróglio eleitoral menor do que entrou”. Não esclarecendo ambas as questões, não tenho a menor dúvida, não adianta vir agora da tribuna da Câmara de Vereadores e se dizer à disposição do Governo eleito, que está pronto para dar sua contribuição em prol de Bauru e deixar essas pendengas sem resposta. Pega muito mais do que mal.

Um comentário:

Mafuá do HPA disse...

COMENTÁRIO VIA FACEBOOK:

Amanda Rocha nossa, que tenso...estou de cara.

Walisson Walisson Walisson É por de baixo dos panos que a corja se entende
Não vai sobrar nenhuma das 2 maras do Gazeta pro Raul se aconchegar ?

Vanda Silvia Novelli Sempre o mesmo jogo..... coisa feia hein?

Henrique Perazzi de Aquino "Se houve um grande perdedor em Bauru, na eleição para prefeito, este foi o PSDB. Inconteste que desde Tuga Angerami, o PSDB não consegue empolgar a população talvez pela sua reduzida consistência política. Jocosamente sempre se disse que o PSDB é o partido que fica em cima do muro para não se comprometer. Provavelmente seja uma versão mais moderninha do PMDB (aliás, de onde saiu - a cria nunca nega o criador), mais intelectualizada, mais riquinha, enfim, mais coxinha. Consideremos as tentativas malogradas de Caio Coube e de Pedro Tobias. Consideremos que até pouco antes da eleição lutavam Mantovani e Lima Jr para ser o escolhido. Consideremos que escolhido Lima Jr, logo depois sujeita-se à posição de vice de Raul numa esquisita justificativa de falta de recursos. Consideremos também que a cada eleição para a deputação estadual, Pedro Tobias vem tendo menos votos o que inclusive já o teria feito antecipar que não deverá ser candidato a reeleição em 2018. O que Lima Jr e o PSDB podem ter acrescentado à candidatura de Raul? Muito pouco! O PSDB tem um grande nome no estado que se chama Geraldo Alckmin. E só. Todavia não conseguiu em Bauru apoiar uma candidatura genuína; apoiou, junto com Pedro Tobias, o candidato Raul e este teve menos votos do que a soma da abstenção, com brancos e nulos. O que vem por aí, é difícil prever, mas a nulidade do PT em Bauru, a apatia do PSDB e a péssima performance do PMDB (que não passou ao segundo turno), revela que outros atores políticos podem estar ocupando os lugares que o PT - PSDB e PMDB pensavam ser seus. Será que chegou a vez dos "nanicos"?", Marco Antônio Souza.

Roberto Claro Não se empolguem muito não porque quem apoiou o Gazzeta no segundo turno foi o Marcio França ou seja o Palácio dos Bandeirantes né.

Paul Sampaio Chediak Alves Ele jogou sujo desde o momento em que começou a bancar toda a estrutura do PV de Bauru. Ele imaginou tudo isso desde o início, muito antes de ser vereador. Literalmente comprou um partido, jogou pra fora a única referência realmente ambientalista do Partido Verde aqui na cidade, e tomou conta de tudo. Bateu naquele que o ajudou até dizer chega durante a campanha, da maneira mais sórdida possível para alguém quem era seu 'amigo', e depois, no desespero da perda, apenas se mostrou um pouco mais. Não fiquei nada surpreso com tudo isso. Ele é isso aí mesmo. Posso até discordar do Clodoaldo Gazzetta II e da Lázara Gomes Gazzetta em diversos aspectos desde trabalhei com eles em 2012 na Campanha em que o Rodrigo ganhou, contudo, nunca demonstraram a perversidade e a desonestidade com as pessoas, que nós podemos enxergar no Raul, até de olhos fechados. A propósito, parabéns pela vitória 'Grandão' :)
Quanto ao Izzo e o Faria Neto do lado do cara ... rsss ... sem comentários ... as imagens e a união já falam por si mesmas.

Henrique Perazzi de Aquino A min ha intenção com esse texto é o desvendar e responder aos dois questionamentos, mas percebo que, isso está sendo jogado para debaixo do tapete. Passou a contenda e nada disso mais importa, como se nada disso tivesse de fato ocorrido. Mas ocorreu e as respostas ainda não foram dadas...

Hermann Schroeder Junior Uma imagem vale por mil palavras.

Aparecido Ribeiro Sobre falsa pesquisa, lembro-me de um chavão do Chaves: "sem querer querendo".